Monthly Archives: March 2015

“O dia que durou 21 anos”

O dia 31 de março marca o início do Regime Militar no Brasil. Nesse dia, tropas de Minas Gerais começaram a se encaminhar para o Rio de Janeiro com o objetivo de derrubar o Governo João Goulart. Em 2 de abril, o Congresso Nacional declarou vaga a Presidência da República enquanto João Goulart viajava pelo interior do Rio Grande do Sul.

O Golpe de Estado, no entanto, foi o passo final de um processo de conspiração, no qual lideranças civis, empresários e políticos, oficiais das forças armadas e representantes do Governo dos EUA se articularam para depor o governo democraticamente eleito.

O documentário “O dia que durou 21 anos”, lançado inicialmente como uma série de 3 programas na TV Brasil, baseado em pesquisas nos EUA e no Brasil, mostra para além da dúvida, a participação ativa do governo dos EUA para a desestabilização política no país.

Abaixo eu deixo o primeiro episódio. O documentário não está livre na internet, mas pode ser encontrado para alugar no youtube, itunes, ou via torrent.

IEH/Teoria da História | Reinhart Koselleck, “‘História’ como conceito mestre moderno”.

Pessoal, disponibilizo abaixo os slides do texto de Reinhart Koselleck, “‘História’ como conceito mestre moderno”.

Texto 4 – Koselleck – Historia como conceito mestre moderno

MO200810007335380AR

Recomendações de filmes

Olá pessoal,

Eu já havia falado com alguns de vocês na sala de aula sobre esses dois filmes, e vou reforçar aqui. Eles estão em cartaz no momento e são duas narrativas bastante interessantes.

O primeiro filme que eu recomendo é o “Branco sai, preto fica”, de Adirley Queiroz. Adirley é um cieanasta de Brasilia, vive e faz filme sobre a cidade, especialmente sobre a inserção da Ceilândia na história da cidade. O filme foi o grande ganhador do último Festival de Brasília, ganhou outros prêmios mundo afora, e recebeu ótimas criticas nos principais jornais do país.

O segundo filme que gostaria de recomendar é “O sal da terra”, documentário do cineasta alemão Win Wenders sobre a vida e a obra de Sebastião Salgado, fotógrafo brasileiro, e provavelmente o mais importante fotógrafo vivo hoje. O filme conta um pouco de sua carreira e de sua trajetória, fotografando os principais desastres humanitários ao redor do mundo. Realmente vale a pena ver.

Horários de atendimento

Olá pessoal,
Algumas pessoas estão me perguntando sobre o meu horário de atendimento. Geralmente atendo segunda ou sexta, das 15 às 17 horas. Como o Departamento de História está em reforma, e estou sem sala, podemos marcar previamente em algum lugar perto da UnB, ou no próprio campus.

atenciosamente
Carlos Henrique R de Siqueira

Uma frase

Olá pessoal: deixo uma frase para discutirmos em algum momento. Trata-se de uma citação do livro “Problemas da poética de Dostoiévski”, escrito pelo teórico russo Mikhail Bakhtin. 

recite-18v0c76

O que é a verdade?

No fim do século 19, Friedrich Nietzsche elaborou uma crítica da verdade como efeito da linguagem e do poder. Mais tarde, pensadores tão diferentes quanto Hans-Georg Gadamer e Michel Foucault – dentre outros – partem da crítica nietzscheana para formular sua própria crítica do saber e do discurso da história. Abaixo há uma citação do texto “Sobre a verdade e mentira no sentido extra-moral”, que ajuda a entender um pouco como o filósofo alemão articulou sua reflexão sobre o tema.

nietzsche-mucho-loco-2


“O que é a verdade, portanto? Um batalhão móvel de metáforas, metonímias, antropomorfismos, enfim, uma soma de relações humanas, que foram enfatizadas poética e retoricamente, transpostas, enfeitadas, e que, após longo uso, parecem a um povo, sólidas, canônicas e obrigatórias: as verdades são ilusões, das quais se esqueceu que o são, metáforas que se tornaram gastas e sem força sensível, moedas que perderam sua efígie e agora só entram em consideração como metal, não mais como moedas.” 

IHE | Texto 2 – Jacques Le Goff, “História”.

Olá pessoal do curso de IEH, disponibilizo abaixo um esquema em PDF do texto de Jacques Le Goff.

IEH – Texto 2 – Jacques Le Goff, História.

110_410-LeGoff